SOBRE NÓS

ad-heritage-image
ad-heritage-image

1950
ALFAIATARIA CAMISARIA “EL FARO”.

A nossa origem reside numa pequena oficina familiar de alfaiataria em Ourense, no interior da Galiza (Espanha)

1975
A MARCA.

Vestimos a vanguarda social que instaurou a democracia em Espanha. Mudámos o estilo engomado e agrilhoado da época final do franquismo usando volumetrias descontraídas e materiais naturais. Deixamos o linho enrugar. A naturalidade face ao ferro.

ad-heritage-image

1984
A RUGA É BELA.

Esta frase alberga toda a dimensão filosófica da marca, que ocupa não só o espaço estético da moda, mas também o da ética. Faz parte do imaginário espanhol, não só como um lema próprio da Adolfo Domínguez, mas como expressão para apreciar a beleza intrínseca dos tecidos e das pessoas.

ad-heritage-image
ad-heritage-image

1985
VOGUE.

A imprensa internacional especializada situa-nos entre as marcas europeias mais relevantes do momento. L’Uomo Vogue dedica uma ampla reportagem monográfica à Adolfo Dominguez.

1990
A FRAGRÂNCIA.

Com o perfume "Agua Fresca", marcámos para sempre a memória olfativa de Espanha. Continua a ser uma das fragrâncias mais apreciadas pelos espanhóis.

ad-heritage-image

1992
A INTERNACIONALIZAÇÃO.

Uma vez consolidados no nosso país de origem, abrimo-nos a outros mercados. Atualmente, a empresa tem mais de 390 lojas em todo o mundo. Os seus principais mercados são o México e o Japão.

ad-heritage-image

1997
ENTRADA NA BOLSA.

Os sucessos comerciais e o reconhecimento internacional da Adolfo Dominguez refletem-se na sua entrada em bolsa. Foi a primeira empresa de moda a ser comercializada no mercado bolsista espanhol. Um feito para a projeção e estabilidade da empresa.

ad-heritage-image
ad-heritage-image

2000
O COMPROMISSO.

"Somos filhos da terra, não somos os seus proprietários". Assumimos fortes responsabilidades na criação das nossas coleções. A partir de 2010, dispensámos as matérias-primas obtidas através de meios cruéis para os animais. Selecionamos tecidos e processos de fabrico que são limpos para a sociedade e para o planeta. O compromisso como prelúdio das mudanças profundas.

2008
A CRISE.

A crise financeira global cortou o modelo de expansão das linhas de negócio da Adolfo Dominguez. A empresa entra em prejuízo.

ad-heritage-image

2017
UMA NOVA ERA

Adriana Domínguez assume as rédeas da marca. O seu plano de resgate é um exercício de criatividade e sacrifício. Decide fundir as diferentes linhas numa única coleção. Uma verdadeiro regresso à essência da marca. Com uma nova estratégia de comunicação, a marca recupera a relevância social de outrora. A premiada campanha "Pense como gente grande" transforma-se em "A ruga é bela" nestes novos tempos. A empresa regressa à rentabilidade, tornando-se um caso de estudo de viragem económica.

2019
REGRESSO À CRIATIVIDADE.

A empresa regressa às suas raízes artísticas, com Tiziana Dominguez como Diretora Criativa. Após anos de ausência, a marca regressa aos desfiles com uma proposta renovada: modelos não profissionais e desfiles de moda deslocalizados. A produção local também é recuperada através de coleções limitadas que experimentam com o design vanguardista.

ad-heritage-image